Choveu? Saiba como dirigir na boa


Confira cinco dicas para conduzir seu veículo durante este período do ano, o mais chuvoso em Sergipe

É bom que se frise: chuva é bom demais, em especial em um Estado, como o nosso, em que a agricultura e a pecuária fazem parte da economia e da vida das pessoas. Assim sendo, nada de reclamar dela, beleza? Mas, é claro que dirigir na chuva, na maioria dos casos, é uma atividade estressante e requer uma série de cuidados em comparação ao tráfego de veículos em pista seca.
Só que, ainda numa referência ao Nordeste, se a pista seca é boa, a seca, em si, é terrível, por isso mesmo que não se deve reclamar do período chuvoso, mas se estar atento ao fato de que é justamente nessa parte do ano que, para completar, acontecem os festejos juninos. E isso faz com que mais e mais pessoas peguem estrada em busca de diversão. 
E or mais que seja algo incômodo, uma queda d’água e um para-brisa respingado não podem fazer com que você não chegue tranquilamente ao seu destino. Assim, para que você aprenda a se livrar de problemas que possam ser causados em função disso, acompanhe neste cinco dicas a respeito de dirigir com segurança em dias chuvosos!

1. AVALIE O TRAJETO E AS CONDIÇÕES DE DIRIGIBILIDADE O TEMPO TODO
Muitas pessoas lidam com o hábito de dirigir de forma automática, girando o volante conforme a pista, pressionando pedais e acionando comandos da mesma forma que escova os dentes ou pedala uma bicicleta. Dirigir na chuva requer que esses automatismos sejam deixados de lado, de forma que você esteja bem atento a qualquer surpresa ou condição adversa que possa vir a acontecer enquanto as condições de estabilidade e visibilidade estiverem comprometidas.

2. LIGUE OS FARÓIS
No Brasil, já é lei dirigir com os faróis acesos nas estradas, mas muitas pessoas ainda se esquecem disso. Trafegar com os faróis ligados, além de facilitar a sua visualização da pista, permite que os motoristas de outros veículos lhe enxerguem com mais facilidade — o que ajuda bastante a evitar acidentes, principalmente quando a chuva estiver mais forte.

3. TOME CUIDADO COM A AQUAPLANAGEM
Esse é o termo técnico para o que ocorre quando seus pneus estão ficando com mais tração na camada de água na estrada do que na própria pista de rolamento. O resultado é que seu carro começa a deslizar incontrolavelmente. O problema todo é que a aquaplanagem é algo muito fácil de acontecer: basta meio centímetro de chuva na estrada e uma velocidade de mais de 55 quilômetros por hora para que ela ocorra. Se o seu carro começar a aquaplanar, solte o acelerador lentamente e dirija em linha reta até que você recupere o controle. Mantenha a calma nessa hora e não freie bruscamente.

4. DESLIGUE O PILOTO AUTOMÁTICO OU OUTROS RECURSOS SIMILA RES
Ironicamente, em superfícies úmidas ou lamacentas, o cruise control, recurso presente em vários modelos mais modernos, pode fazer com que seu carro perca o controle. Você pode pensar que isso o ajudará a permanecer em uma velocidade constante, mas, se você aquaplanar enquanto estiver com esse tipo de recurso acionado, seu veículo tende a ganhar velocidade, o que pode fazer com que você se envolva em problemas sérios.

5. DESACELERE AO DIRIGIR NA CHUVA
As sinalizações de limite de velocidade são projetadas para as condições ideais de dirigibilidade, ou seja, quando a visibilidade e a tração possibilitada pela pista apresentam perfeitas condições para o tráfego. Lembre-se que em condições de chuva tudo muda. Portanto, vá mais devagar para que você consiga chegar com segurança ao seu destino. Ainda seguindo recomendações para dirigir na chuva com prudência, evite acelerar até para efetuar ultrapassagens. Como você pode perceber, dirigi r na chuva requer algumas medidas simples, mas bastante eficazes, para que você consiga chegar de forma segura ao seu destino.

Previous Quer conhecer o Argo?
Next Antigos, sim! Velhos, não!

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *