Aquidabã: idosa que ia para posto médico e desapareceu tem corpo encontrado enterrado na mata


Imagem meramente ilustrativa. Foto: Cinform.

Desde a última segunda-feira, 7, familiares buscavam desesperados por Vaudira Joaquim de Jesus, 63 anos, que havia desaparecido pela manhã. Após realizar buscas com cães farejadores, dos Bombeiros, o corpo da idosa foi encontrado enterrado e sujo de óleo diesel.

Imagem meramente ilustrativa. Foto: Cinform.

Vaudira havia saído para um posto médico no Povoado Tapuio nas primeiras horas da segunda-feira. Segundo a Polícia Militar, enquanto fazia o trajeto, um veículo se aproximou e desde então a idosa não foi mais vista.

José Lima Santos, 59, é o homem acusado pelo crime e está preso preventivamente. O crime teria sido motivado devido os dois anos da morte do filho do acusado, que foi assassinado pelo filho da vítima. A idosa teria sido morta por esfaqueamento e marteladas. O acusado teria jurado a idosa de morte. Quinze pessoas serão chamadas para depor e cinco já prestaram depoimento.

Com o início das buscas, foram encontrados alguns pertences da vítima em um matagal há cerca de 1Km da estrada. A operação foi realizada pela Polícia Militar de Aquidabã, coordenada pelo Tenente Brasil, e pela Polícia Civil, comandada pelo Delegado Wanderson.

Por se configurar possível homicídio, os bombeiros fizeram buscas em um açude da localidade, mas foi somente na quarta-feira, 09, que o Tenente Brasil da PM e o Capitão do Corpo de Bombeiros encontraram o corpo com auxílio dos cães.

Previous A panela conectada da GE
Next Operação Amendoeira: Força Nacional e DHPP realizam mandados de busca e apreensão