Acabou o prazo: ambulantes terão que sair da porta do Hospital de Urgência de Sergipe


Foto: Cinform.

Vendedores que não possuem registro querem continuar no local

Uma medida polêmica tem gerado dor de cabeça para os vendedores ambulantes que trabalham na porta do Hospital de Urgência de Sergipe (Huse). Os trabalhadores que não possuem registro terão que deixar o local até esta quinta-feira, 17.

De acordo com a Prefeitura de Aracaju, a medida será estendida para outros locais da Capital. Uma notificação da Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb), foi enviada para os comerciantes na semana passada para que eles deixassem o espaço público em 72 horas. O prazo terminou na segunda-feira (17) e foi estendido até essa quinta-feira.

Preocupados, muitos comerciantes alegam não ter para onde transferir as barracas.

Previous Aldo Rebelo deixa o PC do B e pode concorrer à Presidência da República
Next Em Jogo Rápido, de volta as aventuras do porco espinho Sonic