Confiança vence o líder CSA por 2 x 0 no Batistão


O Confiança fez prevalecer o mando de campo e derrotou o CSA, no Batistão, a tarde de hoje (19/08) sábado por 2 x 0, interrompendo uma invencibilidade de 11 jogos da equipe alagoana.  Com esta vitória o time proletário deixou a zona do rebaixamento e assumiu provisoriamente a 7a. posição do Grupo A, da série C.

O treinador do Confiança, Ailton Silva, comemorou a vitória diante do CSA e atribuiu  o sucesso do Dragão do bairro Industrial à dedicação dos jogadores e a aplicação tática de todos. Para Ailton, o Confiança entrou em campo com outra postura e no segundo tempo superou o cansaço com o esforço coletivo dos atletas.

O jogo

O CSA no início demonstarou que seria uma equipe ofensiva e estava em busca dos três pontos. Logo no primeiro minuto de jogo, Leandro cabeceou a bola em uma jogada aérea, mas o goleiro Genivaldo conseguiu impedir o gol do Azulão. Após o susto, o Confiança passou a atacar.

Aos sete minutos, Tito caiu na área e os jogadores do Confiança passaram a pedir pênalti. Após o lance, Jorge Felipe, do CSA, e Frontini, do Confiança, discutiram com o árbitro Douglas Marques das Flores e acabaram recebendo cartão amarelo.

Aos 21 minutos, o árbitro marcou pênalti a favor do Confiança, em mais uma jogada envolvendo Álvaro e Leandro Souza. A cobrança foi feita por Tito, que abriu o placar para os proletários.

Aos 25 minutos, o CSA tentou o empate e quase conseguiu em uma cobrança de falta de Daniel Costa. Aos 33 minutos, o Confiança ampliou o marcador com o gol de Álvaro, que aproveitou uma falha do Boquita.

No segundo tempo, o clube alagoano parecia que seus jogadores não conseguiam se unir. Mas – no decorrer do jogo – passou a reagir e conseguiu interceptar algumas jogadas do Confiança.

Aos 35 minutos, o Dragão perde a chance de fazer o seu terceiro gol da partida. Felipe Cordeiro – de frente para o gol – chuta no canto direito do goleiro Mota, que conseguiu defender. Aos 39 minutos, o jogador azulino Dawhan recebe cartão amarelo por falta contra Everton Santos. Fim de jogo: Confiança 2 x 0 CSA

O destaque do jogo mais uma vez foi o goleiro Genivaldo do Confiança, que fechou o gol e evitou que o time sergipano fosse vazado.

Ficha técnica

Confiança:  Genivaldo, Felipe Cordeiro, Gabriel, Anderson e Radar; Jardel (Diogo), Everton (Tiago Silvy) e Tito (André Beleza); Rafael Villa, Frontini e Álvaro.
Técnico: Ailton Silva

CSA: Mota, Dick (Celsinho), Leandro Souza, Jorge Felipe e Rafinha; Dawhan, Boquita (Didira) e Daniel Costa; Edinho, Michel e Rosinei (Gustavinho).
Técnico: Ney da Matta

Arbitragem

Árbitro: Douglas Marques das Flores (CBF/SP); Auxiliar 1: Leandro Matos Feitosa (CBF/SP); Auxiliar 2: Renata Xuel X. de Brito (CBF/SP);  4º árbitro: Claudionor dos Santos Junior (CBF/SE).

Mais notícias

Tabela do Brasileirão Série C 

Manchester United goleia o Swansea por 4 x 0

 

 

Previous Mercado de computação na nuvem cresce em Sergipe
Next Corinthians amarga derrota no Itaquerão e perde invencibilidade