Mara Maravilha chora ao se defender de acusações de homofobia


Mara Maravilha foi acusada de ter feito comentários homofóbicos no programa “Fofocalizando”, do SBT. Ao comentar o novo visual de Carol Duarte, que vai mostrar a transição de Ivana na novela da Rede Globo, “A Força do Querer”, a apresentadora disse: “Deus fez Adão e Eva. Agora inventaram Adão e Ivo, né? (…) Tem que respeitar, mas para procriar ainda é homem com mulher e mulher com homem”. Após ser criticada na internet, Mara chorou ao vivo e negou ser preconceituosa:

“Minha função aqui é ser uma das apresentadoras, uma das comentaristas. Minha função aqui nunca foi ser primeiro atriz. Então, eu não consigo representar. Eu fiquei muito chateada com o que aconteceu de ontem para hoje. Eu tive uma noite péssima, eu acordei pessimamente, com muita dor de cabeça. Chorei muito de ontem para hoje, logo, logo vai passar, mas eu vou ser sincera: se eu ofendi, nessa situação, pelo que falei ontem, eu não tenho orgulho de pedir, quantas vezes for preciso ‘Me perdoe’. Minha intenção é ser espontânea, ser sincera com meus pensamentos e me comunicar. Eu já estou ficando muito triste com esta situação de tudo dizer ‘A Mara é homofóbica’.”

Mais notícias

Poderosa, Anitta atua como empresária e aposta em MiKa

Adriane Galisteu agora é global

Previous Confiança quer vencer o Botafogo-PB e sair da zona de rebaixamento
Next  Assista ao vídeo da sobrevivente do naufrágio em Mar Grande, Meire Reis