TAF apresenta Certidões Negativas e anuncia que vai iniciar produção em Sergipe


Empresa afirma que está operando dentro
da legalidade, gerando empregos e renda

A TAF Indústria de Plásticos possui invejáveis indicadores de liquidez e passa por crescimento em suas atividades, linhas de produtos e capacidade instalada de produção, incluindo neste último quesito a abertura de nova fábrica na cidade de Simão Dias, Estado do Sergipe, sendo que jamais respondeu ou foi denunciada em qualquer ação criminal, tanto no Estado da Bahia como em Sergipe.

A operação “plásticos” que ocorreu em 2009 e que foi dirigida pela Secretaria da Fazenda do Estado da Bahia, apenas tomou o depoimento de dirigentes e funcionários da TAF que prontamente foram liberados pela autoridade baiana, sem qualquer indiciamento ou oferecimento de qualquer espécie de denúncia seja pelo Ministério Público Estadual como pelo Ministério Público Federal, conforme fazem prova as certidões criminais emitidas pelo Tribunal de Justiça do Estado da Bahia em nome da TAF Indústria de Plásticos e de seu principal cotista: Sr. Alexandre Ferreira de Carvalho.

Já em 2009 foi esclarecido para a base de clientes e para o mercado que a TAF foi incluída em procedimento pré-fiscalizatório em razão de uma denúncia anônima protocolada na Secretária da Fazenda do Estado da Bahia referente as atividades comerciais contrárias a legislação praticadas por parte de seus concorrentes.

O erro na inclusão do nome da TAF na investigação preparatória se deu pela similaridade do sobrenome de seu Diretor, que por coincidência, era semelhante aos dos proprietários de uma das microempresas envolvidas na fraude investigada naquela ocasião.

Importante, frisar que a referida operação não resultou denúncia ou procedimento criminal contra a empresa TAF, sendo que a política de compliance da empresa é fundada no combate à sonegação e corrupção, adotando princípios éticos e transparentes no relacionamento com agentes públicos e privados, objetivando o crescimento sólido do negócio apoiado na valorização do trabalho dos colaboradores e de suas famílias, bem como na busca pelo bem-estar de toda comunidade na qual está inserida, para com base nesses princípios apresentar para o mercado um produto inovador, seguro e ambientalmente sustentável.

Vale ressaltar que as modificações trazidas pela fiscalização ocorrida em 2009 no Estado da Bahia permitiram que a TAF pudesse, agora em 2017, iniciar o projeto de expansão para o Estado de Sergipe, visto que as operações realizadas pelos concorrentes que atuavam de forma ilegal e clandestina fossem encerradas, possibilitando o correto posicionamento dos produtos da TAF neste mercado.

A TAF nos primeiros meses de 2017, como é fato público na cidade de Simão Dias, foi obrigada a utilizar um galpão provisório, por razão alheias a sua vontade, em especial por uma disputa judicial entre o Estado de Sergipe e um terceiro, entretanto a instalação neste local provisório em que a TAF estabeleceu seu processo produtivo foi devidamente autorizada pelo Secretária da Fazenda do Estado do Sergipe, conforme faz prova a declaração do órgão. No local, mesmo que provisório, eram industrializados os produtos através de uma linha de montagem, sendo que todos os funcionários que ali trabalhavam se encontram registrados e o processo produtivo seguiu os exatos termos do artigo 4º do Decreto nº 7.212/2010 (RIPI).

O atraso de alguns meses na liberação do espaço, no qual a empresa finalmente se instalou, acabou por prejudicar a montagem da linha de injetoras, que como se sabe é aquela que demanda a maior parte do trabalho humano na atividade industrial da empresa. Porém, este pequeno atraso no projeto será compensado nos próximos meses e em breve a unidade estará em pleno funcionamento e plenamente autossuficiente.

Mesmo havendo prejuízo financeiro na operação nos primeiros meses de funcionamento em razão dos atrasos na liberação do espaço físico, conforme o convênio estabelecido com o Estado de Sergipe, a expectativa e que a operação ganhe corpo e traga emprego e renda significante para o Município de Simão Dias e para todo o Estado de Sergipe.

A TAF sabe que para estes objetivos sejam alcançados a opinião pública deve ser esclarecida quanto as informações incorretamente transmitidas.

Na reportagem foi levantada uma suposta ligação da TAF com as empresas envolvidas na Fiscalização ocorrida em 2009 no estado da Bahia, porém essa notícia incorreta acabou por ser retransmitida de forma ainda mais perturbadora por algumas rádios locais, sendo dito que a TAF estaria em recuperação judicial, informação absolutamente falsa e leviana, passível inclusive de uma reparação por danos morais.

Ao contrário, como já explicado no preâmbulo deste comunicado, os indicadores financeiros da TAF são os melhores do Setor, todos os seus índices de liquidez são invejáveis, prova é a certidão negativa de falência, concordata e recuperação judicial, obtida na data de 04 de setembro de 2017, que comprova a falsidade da alegação que acabou por ser transmitida de forma equivocada pela Rádio Tropical e Rádio Jovem Pan baseada na reportagem da edição do CINFORM, ora repelida.

Muito embora a responsabilidade da Notificada seja adstrita aos fatos publicados na referida edição, a Notificante, desde já, baseada na boa fé objetiva dos jornalistas envolvidos requer que para a retificação e no direito de resposta seja ratificado que a empresa TAF tem uma ótima saúde financeira, obviamente caso esta informação não seja contrária aos princípios éticos que norteiam a linha jornalística seguida pela Notificada.

Quanto a uma suposta ligação com empresas de outros estados, a TAF declara que sua sede é localizada em Joinville, Estado de Santa Catarina e todas as empresas do Grupo, como holdings e subsidiárias têm suas sedes estabelecidas, também, na Comarca de Joinville, sendo a única unidade fora de Santa Catarina aquela que se busca desenvolver na cidade de Simão Dias (SE).

Querer impedir o estabelecimento da TAF na pequena cidade é juridicamente indefensável, pois a montagem dos seus produtos é considerada industrialização e a instalação nos próximos meses do parque fabril completo privilegia sobretudo a população local e o desenvolvimento econômico da região. Dificuldades irreais impostas por desavenças políticas que impedem o desenvolvimento social e a melhoria do bem-estar da população fazem parte do velho Brasil, que deve ser esquecido, tanto pela boa imprensa como pela nova sociedade politicamente organizada.

Com objetivo de corroborar as informações trazidas neste comunicado anexamos: • CERTIDÃO NEGATIVA FALÊNCIA, CONCORDATA E RECUPERAÇÃO JUDICIAL DA SEDE DA TAF – JOINVILLE (SC); • CERTIDÃO NEGATIVA FALÊNCIA, CONCORDATA E RECUPERAÇÃO JUDICIAL ARACAJU (SE); • CERTIDÃO NEGATIVA CRIMINAL TRIBUNAL DE JUSTIÇA DA BAHIA EM NOME DA TAF; • CERTIDÃO NEGATIVA CRIMINAL TRIBUNAL DE JUSTIÇA DA BAHIA EM NOME DO SÓCIO ALEXANDRE FERREIRA DE CARVALHO; • DECLARAÇÃO COMPANHIA DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO DE SERGIPE QUE A TAF CUMPRIU AS DETERMINAÇÔES DO CONVÊNIO E ESTEVE AUTORIZADA A TRABALHAR EM LOCAL PROVISÓRIO PELA SEFAZ. • AUTORIZAÇÃO DO SECRETARIA DA FAZENDA PARA FUNCIONAMENTO EM LOCAL PROVISÓRIO

Não obstante o direito de resposta garantido na constituição e na própria Lei 13.188/15, urge a imediata reparação das informações trazidas na reportagem on-line mantida no endereço https://www.cinform.com.br/2017/08/21/industria-se-beneficiade-incentivos-fiscais-mas-nao-produz-em-sergipe/.

Mesmo sendo clara a impossibilidade de retificação das matérias já publicadas na mídia impressa, aquelas mantidas na mídia virtual podem ser adequadas a realidade e aos fatos ora apresentados, assim requer a Notificante neste aspecto que as informações lançadas naquele sítio da internet sejam corrigidas no prazo de sete (7) dias, contados do recebimento desta notificação.

Qualquer informação adicional poderá ser obtida com nosso departamento comercial, podendo esta notificação servir como subsidio para retificação das informações incorretamente transmitidas e veiculadas. Informa, que na semana de 11 até 15 de setembro o Diretor da TAF estará na Capital Sergipana e buscará contato com os dirigentes da Notificada e com o jornalista encarregado da matéria para esclarecer qualquer dúvida adicional e ainda estabelecer a melhor forma de retificação e resposta, visando o esclarecimento da população.

Por fim, mais uma vez, a TAF Indústria de Plásticos se compromete com o bem-estar do povo sergipano e espera ajudar no desenvolvimento econômico de toda região.

Atenciosamente,

TAF INDÚSTRIA DE PLÁSTICOS

 Alexandre Ferreira de Carvalho

Previous Sindicato dos agentes penitenciários lamenta rebelião no presídio do Santa Maria
Next Harmonia do Samba volta com o projeto 'das antigas' para Aracaju