Final de semana sangrento em Sergipe. 29 pessoas morreram, 18 foram vítimas de homicídio


Um fim de semana muito violento que confirma a posição de Sergipe como o estado com o maior número de mortes proporcionalmente no Brasil. 18 pessoas morreram vítimas de assassinato, sendo 15 por armas de fogo (revólver/pistola) e 3 morreram por arma branca (faca/facão/peixeira). O trânsito também fez muitas vítimas nas últimas 48 horas. 6 pessoas morreram de acidentes de trânsito. Houve ainda dois afogamentos, uma morte decorrente de queda e 1 pessoa morreu e a  causa ainda é indeterminada.

Veja abaixo a relação das vítimas neste final de semana sangrento:

 

VÍTIMAS DE ARMA DE FOGO (15)

 

Josivaldo dos Santos, 18 anos, corpo recolhido no HUSE, vítima de arma de fogo, no Povoado Gameleira, em Laranjeiras;

Corpo sem identificação, sexo masculino, morte violenta por arma de fogo, no Povoado Caraíbas, no município de Lagarto;

Mateus Santos Lima, 20 anos, morte violenta por arma de fogo, em Ribeirópolis;

Sérgio Nunes de Andrade Júnior, 24 anos, morte violenta por arma de fogo, em Ribeirópolis;

Herbert Dias da Silva, 30 anos, corpo recolhido no HUSE, vítima de arma de fogo, no centro de Nossa Senhora do Socorro;

 

Corpo sem identificação, sexo masculino, recolhido no HUSE, vítima de arma de fogo, em Aracaju;

Corpo sem identificação, sexo masculino, recolhido no HUSE, vítima de arma de fogo, em Aracaju;

Josevan Santos Souza de Jesus, 28 anos, morte por arma de fogo, no Alto da Jaqueira, em Aracaju;

Manoel José de Freitas Júnior, 34 anos, morte violenta por arma de fogo, num bar, na Praia de Aruana, em Aracaju;

Maria Valéria dos Santos, 28 anos, morte por arma de fogo, no Parque dos Faróis, em Nossa Senhora do Socorro;

George Cristiano da Silva Santos, 24 anos, corpo recolhido no Hospital de Tobias Barreto, vítima de arma de fogo, no Povoado Lagoa Redonda, em Itapicuru/BA;

Carlos Alexandre Teles de Jesus, 27 anos, morte violenta por arma de fogo, no Bairro Lamarão, em Aracaju;

Johanatan Rodrigues da Silva, 31 anos, morte violenta por arma de fogo, no Povoado Colônia, em Estância;

Jeferson Silva Santos, 36 anos, morte violenta por arma de fogo, na Prainha da Piabeta, em Nossa Senhora do Socorro;

 

Corpo sem identificação, sexo masculino, morte violenta por arma de fogo, no município de Lagarto;

 

VÍTIMA DE ARMA BRANCA (3)

 

Adriano Conceição de Souza, 19 anos, vítima de arma branca (espancamento), no Povoado Lagoa de Cima, em São Domingos;

Dermeval Ferreira dos Santos, 50 anos, corpo recolhido no Hospital São Vicente de Paula, em Tobias Barreto, vítima de arma branca.

Corpo sem identificação, sexo masculino, morte violenta por arma branca, no Loteamento Lauro Rocha, em São Cristóvão;

 

VÍTIMA DE ACIDENTE DE TRÂNSITO (6)

 

Agar Vieira dos Santos, 50 anos, vítima de acidente de trânsito (Colisão com poste de iluminação), na Rua Rafael de Aguiar, em Aracaju;

Rivaney José Leite Amado, 51 anos, vítima de acidente de trânsito (Colisão com poste de iluminação), na Rua Rafael de Aguiar, em Aracaju;

Manoel Messias de Aquino, 54 anos, vítima de acidente de trânsito, no Povoado Espinheiro, em Japoatã;

Cristiano Santos Silva, 24 anos, vítima de acidente de trânsito, do tipo queda de moto, no Bairro Coroa do Meio, Em Aracaju;

 

Antônio Costa Silva, 64 anos, vítima de acidente de trânsito, do tipo queda de moto, no Povoado Santiago, em Telha;

Wendel da Paixão Cunha, 22 anos, vítima de acidente de trânsito, na Rodovia SE 170, em Moita Bonita;

 

VÍTIMA DE AFOGAMENTO (3)

 

Corpo sem identificação, sexo masculino, encontrado às margens do Rio Sergipe, na Avenida Ivo do Prado, em Aracaju, vítima de afogamento;

Manoel Joaquim Santana Filho, 61 anos, vítima de afogamento, no Conjunto Parque dos Faróis, em Nossa Senhora do Socorro;

Hélder Luiz dos Santos, 40 anos, vítima de afogamento, no Povoado Rita Cacete, em São Cristóvão;

VÍTIMA DE QUEDA (1)

 

Ranulfo da Rocha Araújo, 73 anos, corpo recolhido no Hospital de Cirurgia, vítima de queda da própria altura, em Cedro de São João;

 

VÍTIMA. CAUSA MORTE INDETERMINADA (1)

 

Josefa Cândida de Andrade, 63 anos, corpo recolhido no Hospital Regional de Lagarto, causa morte indeterminada, senso necessário aguardar resultado de exames;

 

Anterior Bandidos invadem Parque dos Falcões, fazem reféns, roubam aves, dinheiro e fogem
Próximo Estelionatários se passam por representantes da Previdência e aplicam golpes