Assista ao vídeo. Liga da Justiça e o novo desafio dos super-heróis


 

Antes de tudo, uma coisa: se for para comparar com Os Vingadores, nem se dê ao trabalho de assistir a Liga da Justiça. Porque o tom é outro e a expertise da Marvel está a anos-luz, costurando filmes solo bem amarrados para culminar num vértice de emoções quando se juntam para agir em grupo. Outra: esqueça aquele peso todo que transformou Batman vs Superman num equívoco solene e pretensioso.

Pronto, agora vá encontrar os maiores super-heróis da Terra de peito aberto e se depare com um  bom espetáculo, recheado de ação, humor bacaninha e atores confortáveis em seus personagens. Apesar de previsível e com bainhas desfiadas, o arco dramático cumpre sua função dentro do esperado. Sim, do esperado, porque fica claro também, que, no seu sétimo filme, esse novo universo expandido da DC ainda está aprendendo a caminhar no cinema. Mas, vai bem, ainda assim… O Homem de Aço (2013), Mulher Maravilha (2017), que faturaram juntos mais de  US$ 1,5 bilhão ao redor do mundo, e este de agora são provas disso.

Anterior Mega sena vai pagar R$ 29 milhões para quem acertar as 6 dezenas
Próximo Polícia procura foragido Valdeílson, o "Dedé", que roubou aves no Parque dos Falcões