Bruno Gagliasso registra ofensa racista contra sua filha na delegacia


O ator Bruno Gagliaso, pai da menina africana Titi, foi a Cidade da Polícia, na Zona Norte do Rio, fazer o registro na Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática contra a brasileira e socialite Day Mcarthy que no domingo publicou um vídeo com comentários racistas sobre a filha de Bruno e Giovanna Ewbank de quatro anos. A socialite pode responder por injúria racial, difamação e injúria.

No vídeo a socialite se refere a Titi como macaca e com cabelo de bico de palha em um vídeo publicado em sua conta no Instagram.  “Queria entender os falsos, os puxa sacos, que me criticam pela minha aparência, por não ter olhos azuis, cabelo liso e nariz bonito, fino, como a sociedade impõe esse tipo de beleza. Mas ficam lá, no Instagram do Bruno Gagliasso, elogiando aquela macaca, a menina é preta, tem cabelo horrível, de bico de palha, e tem um nariz de preto, horrível, e o povo fala que a menina é linda. Essas mesmas pessoas vêm no meu Instagram criticar a minha aparência. Você só está puxando saco porque é adotada por famosos. Filha não é. Como duas pessoas brancas, dos olhos claros, vão ter uma filha preta, de cabelo pico e com nariz de negro. Ai, povo ridículo hein”, disse McCarthy.

Segundo a delegada Daniela Terra o inquérito foi aberto e a socialite Day Mcarthy será intimada. Os crimes de injúria racial, difamação e injúria são previstos judicialmente pelo Código Penal como crimes contra a hora das pessoas podendo ser submetidos a sanções como penas de reclusão de até três anos e multa.

Os pais de Titi, Bruno Glagliasso e Giovanna Ewbank planejam abrir um processo judicial no país onde a socialite mora (Estados Unidos). Essa não é a primeira vez que a menina sofre ofensas nas redes sociais, em novembro de 2016, o ator registrou na Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI) uma queixa por racismo em uma foto publicada nas redes sociais da mãe.

Titi, apelido de Chisomo, foi adotada pelos atores Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank no ano passado, após uma viagem da mãe ao Malawi no sul do continente africano, enquanto estava conhecendo no trabalho de uma ONG americana.

Caixa Econômica Federal cria campanha para clientes quitarem dividas

Final de semana violento: 14 homicídios foram registrados

Anterior GACC realiza ações no Dia de Doar em Aracaju e Lagarto
Próximo O mapa da Coca-Cola: Capítulo ‘Shopping Prêmio’