Greve geral acontece nesta terça


As centrais sindicais e sindicatos sergipanos confirmaram que, mesmo a votação da reforma da previdência saindo da pauta desta semana no Congresso, a greve geral marcada para a terça-feira (5) está mantida no estado.

“Está evidente que esse recuo foi fruto da pressão popular e é exatamente por esse motivo que é preciso fortalecer ainda mais a mobilização do povo no enfrentamento a mais um ataque aos direitos da classe trabalhadora”, afirma o Sindicato dos Trabalhadores Técnicos-Administrativos da UFS (Sintufs).

A mobilização dos grevistas começará na madrugada com o bloqueio das garagens de ônibus da cidade. Os professores da Universidade Federal de Sergipe (UFS) também participarão da greve e fecharão o campus de São Cristóvão.

Além dos bloqueios em avenidas da capital e rodovias do interior, as centrais sindicais farão um ato público na manhã desta terça para o fechamento do comércio da Capital e, a tarde, um novo ato, desta vez no Distrito Industrial (DIA), contra os desmontes do governo estadual na saúde, educação e segurança pública.

O Sindicato dos Bancários (SEEB/SE) confirmaram adesão à greve e o fechamento das agências bancárias no estado.

Anterior José Carlos Machado presta depoimento no MP sobre "fantasmas" da Prefeitura
Próximo Mais de duas mil pessoas esperam por cirurgia em Aracaju