MP pede afastamento de Adelson Filho. Julgamento vai ser quarta e Daniel Fortes pode assumir


Daniel Fortes (PEN), poderá retornar à Assembléia Legislativa e assumir o lugar do deputado  Tijói Barreto, o Adelson Barreto Filho.É que o Pleno do Tribunal de Justiça (TJSE), irá julgar nesta quarta-feira (06), o pedido de afastamento dele. O procurador geral de justiça, Rony Almeida apresentou parecer favorável ao afastamento de Adelson Filho.

               Fortes. Aguardando o julgamento da ação

O Partido Ecológico Nacional, PEN, já havia impetrado um mandado de segurança pedindo a suspensão dos efeitos da posse do 1º suplente de deputado estadual. O pastor Daniel Fortes chegou a tomar  posse no dia 20 de fevereiro deste ano como Deputado Estadual em Sergipe, no entanto, a defesa de Tijoi impetrou uma liminar para permanecer no cargo e o juiz acatou.

AFASTAMENTO DE TIJÓI

Em 2016, Tijói foi afastado do cargo de vereador de Aracaju em virtude de um processo criminal por suposto envolvimento em desvio de verbas destinadas aos vereadores pela Câmara Municipal de Aracaju.

Este ano, Tijói assumiu vaga na Assembleia Legislativa na condição de primeiro suplente da coligação, mas uma nova decisão judicial pode afastá-lo e em seu lugar pode assumir o suplente Daniel Fortes.

 

Lula lidera com 34%, aponta pesquisa Datafolha. Bolsonaro é o segundo (17%)

Líder no Congresso denuncia campanhas antecipadas ao Governo de Sergipe

Anterior TRE alerta que anular voto não muda resultado eleitoral
Próximo Ministério Público Federal pede condenação dos “Senhores da Fome”