Um dos votos que podem afetar candidatura de Lula já está pronto


O desembargador, João Pedro Gebran Neto, concluiu na última sexta-feira, 1, o primeiro voto sobre a ação do Tríplex do Guarujá que condenou o ex-presidente da república, Luís Inácio Lula da Silva, a nove anos e meio de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro. A ação ainda precisa do voto de mais dois desembargadores do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4).

O julgamento que irá confirmar ou reformar a sentença dada pelo juiz Sergio Moro não tem data para acontecer. Situação que preocupa os planos eleitorais do ex-presidente, uma eventual condenação na segunda instância da justiça pode impedir a candidatura de Lula a Presidência da República de acordo com a Lei Ficha Limpa.

Segundo a pesquisa Datafolha Lula (PT) lidera as pesquisas sobre as Eleições 2018 com 34% da intenção de voto, seguido do deputado Jair Bolsonaro (PSC) com 17% e Marina Silva (Rede) com 9 %. Em um cenário de disputa no 2º turno o ex-presidente também derrotaria todos os candidatos.

Lula lidera com 34%, aponta pesquisa Datafolha. Bolsonaro é o segundo (17%)

Rodoviária Velha de Aracaju é palco de 7 mortes em um mês

Anterior Habeas Corpus de Ana Alves foi distribuído no TJSE
Próximo José Carlos Machado presta depoimento no MP sobre "fantasmas" da Prefeitura