Município de Aracaju acaba com feira da rodoviária velha


A Emsurb, Emurb, SMTT, Guarda Municipal,  Secretária de Estado da Infraestrutura (Seinfra), Polícias Civil e Militar e Corpo de Bombeiros, colocaram em prática, na noite deste sábado, 10/12, o plano ação de desocupação da feira irregular da Praça João XXIII, ou Praça  da Rodoviária Velha. O plano foi idealizado e executado para devolver ao centro de Aracaju melhor mobilidade urbana e organização, além de segurança e tranquilidade à população.

A ação, que aconteceu mediante revogação da liminar concedida pelo desembargador Cezário Siqueira, que manteve o prazo de 72 horas para retirada de toda a estrutura, foi acompanhada por integrantes da Associação dos Ambulantes. Tudo ocorreu de forma pacífica, ou seja, sem qualquer tipo de ocorrência. Barracas e toldos foram desmontados e deslocados para um galpão, assim como os poucos produtos que se encontravam no local.

A Emsurb reitera o propósito de tentar realocar os comerciantes de Aracaju para outras áreas, inclusive nas feiras livres da cidade. Estes poderiam ser retirados sem qualquer notificação, até porque não são permissionários e nem ambulantes cadastrados. No entanto, a prefeitura de Aracaju optou pelo diálogo e pela concessão de prazos, mesmo quando a associação fez sua opção pela via judicial.

“Reaver o espaço público ilegalmente ocupado, necessária se torna a desocupação voluntária do bem, ainda mais quando houve prévia notificação dos ocupantes e cadastro para realocação em outras áreas”, considerou o desembargador Cezário Siqueira.

Previous Ana Alves deixa o presídio e cumpre prisão domiciliar
Next Desmanche de carros é fechado pela polícia e comerciante é preso