Índices de violência continuam alarmantes


Sergipe terminou 2017 com uma redução de 14% no número de homicídios ao longo do ano segundo dados da Secretária de Segurança Pública. Mas os índices continuam alarmantes, nos primeiros oito dias de 2018, vinte e trÊs pessoas foram registradas no Instituto Médico Legal com morte violenta por arma de fogo.

Durante a primeira semana do ano oito pessoas morreram por arma de fogo na capital sergipana. A última vítima foi Jhonata de Paula Oliveira Mota, 20, que morreu após uma tentativa de assalto no bairro Santo Antônio. Jhonata e seu parceiro reagiram após um policial civil dar voz de prisão e foram alvejados a tiro.

Sergipe foi apontado como o estado mais violento do país com 64 mortes a cada 100 mil pessoas, segundo o Anuário Brasileiro de Segurança Pública que apontou o acima da média nacional de 29,7 mortes. Os dados do anuário são referentes ao ano que antecedeu, 2016.

Homem é preso por roubo no Bairro São José

Valadares Filho não descarta candidatura ao governo

Anterior Homem é preso por tentar assassinar uma mulher em Nossa Senhora do Socorro
Próximo Concurso federal abre 300 vagas para oficial, técnico e agente de inteligência