Terça-feira marcada pela violência no estado


Uma terça-feira marcada pelo grande número de mortes por armas de fogo em Sergipe. O Instituto Médico Legal (IML) recolheu nove corpos, todos com perfurações de arma de fogo. Entre as mortes, seis foram registradas na região metropolitana da capital: três em Aracaju, duas em Nossa Senhora do Socorro e uma em São Cristóvão.

Patrícia de Jesus Menezes, de 33 anos, foi assassinada pelo ex-companheiro durante a tarde de ontem no estacionamento da empresa onde trabalhava, em Nossa Senhora do Socorro. Segundo a polícia, Alan Meneses dos Santos chegou ao local pedindo para falar com a ex-companheira que foi autorizou a sua entrada. Ele efetuou os disparos contra Patrícia e fugiu em seguida.

Alan foi encontrado morto em um motel próximo ao local do crime no início da noite. A suspeita é que ele tenha cometido suicídio.

Pablo dos Santos Almeida (29) e Givanilto Alves Santos Filho (31) foram assassinados durante um tiroteio no final da manhã de ontem, no bairro Santa Maria. O duplo homicídio aconteceu nas proximidades da Unidade de Saúde da Família Osvaldo Leite. Segundo a polícia, um outro homem foi atingido por disparos e levado para o Hospital de Urgências de Sergipe (HUSE).

Gilmar Albuquerque de Mendonça foi assassinado em uma tentativa de assalto em uma rodovia na cidade de Itabaiana. Também foram registradas as mortes de Luiz Gustavo Santos (21), José Robson da Silva (38), Cassiano Santos Costa (21) e um corpo ainda sem identificação.

 

Turismo ecológico em Pirambu é afetado por falta de recursos da Fundação Pró-Tamar

Parte da Av. Barão de Maruim é interditada a partir desta terça (6)

Anterior Aluguéis por até R$ 1 mil
Próximo Ministro Luiz Fux é o novo presidente do TSE