OAB/SE passa a ter Comissão de Direitos Digitais, Inovação e Tecnologia


Intenção é fazer com que a Ordem possa se conectar com as tendências sociais em voga, sem a questão tecnológica a mais visível delas

Na noite de segunda-feira, 05, a OAB/SE deu um importante passo na luta pelos direitos sociais. O presidente da Ordem, Henri Clay Andrade, trouxe para a seccional Sergipe, a Comissão de Direitos Digitais, Inovação e Tecnologia, já empossando a diretoria, que é composta pela presidente Milla Cerqueira, pela vice-presidente Cláudia Mello e pelo secretário-geral Norman Araújo.

Mas o que esperar desta comissão? “A representatividade da OAB é notória em todo o país e um dos compromissos da Ordem é de acompanhar as tendências sociais. Estamos vivendo na era pós-digital e a mais nova Comissão nasce para atender a um anseio da sociedade”, resume Milla Cerqueira

Na opinião da vice-presidente, “a internet tem conectado as pessoas como nunca, as inovações surgem com cada vez mais rapidez e a tecnologia vem dividindo espaço com o humano. A advocacia precisa estar inteirada, presente e deliberando sobre esses avanços”, analisa Cláudia Mello.

Já para o secretário-geral, a Comissão representa um desafio a ser encarado de frente. “As inovações apresentadas a cada dia nos deixam extasiados; elas facilitam a vida humana. O nosso grande desafio, portanto, será de propor soluções para possíveis efeitos reversos que acompanhem este avanço do tecnológico, agindo sempre em prol dos interesses da sociedade. Este é o nosso papel”, finaliza Norman Araújo.

OAB vai promover audiência pública sobre assédio sexual contra mulheres

Previous Confirmado: candidato a governador de Bolsonaro em Sergipe é Tarantela
Next Trabalhadoras sem teto ocupam antiga Casa de Cultura