CINFORMANDO – Oportunismo e charlatanismo que parecem não ter fim


Bomba de combustível: antes solitária, com preços aumentando, agora vê políticos oportunistas cercando-a (Foto: Mario Souza/Arquivo Cinform)

Em meio aos protestos de caminhoneiros por todo o país, eis que surgem agora e tão somente agora, políticos de todas as matizes, cores e agremiações, a defende-los. Mas o engraçado é que a escalada nos preços dos combustíveis tem sido uma realidade constante, diária ou, no mínimo, semanal, há pelo menos seis meses. Aonde estavam esses políticos que, agora, tão somente agora, abrem suas bocarras pra falar nos púlpitos das Câmaras, Assembleias e afins? Estavam em Marte? Ora, se estavam por aqui, deviam ter alertado para o problema há mais tempo, pois se “unir” aos caminhoneiros agora, além de oportunista, apenas agrava a crise, pois não se viu uma manifestação politiqueira que, de fato, apresente solução viável para a resolução do problema. E, consequentemente, do impasse. Enquanto esses políticos de ocasião se fingem indignados, quem sofre as consequências é a população, com o grave risco de desabastecimento nas mais diversas frentes. Portanto, leitorado, se você viu ou ouviu algum político, agora e tão somente agora, falando sobre o preço dos combustíveis, fique de olho: tal figura é charlatã, quer te enganar e merece um “sopapo” eleitoral, nas urnas, em outubro vindouro.

Assim que se faz

Junior Macarrão (PSD), prefeito de Santa Rosa de Lima, faz a parte dele. A prefeitura da cidade doa mais de 1000 vacinas contra febre aftosa para os criadores locais.

Pensões e pensões

O deputado estadual Georgeo Passos (Rede) levantou tema interessante: qual é mesmo a regra para a distribuição de pensões especiais por parte do governo estadual? Em tempos de colocar todas as culpas do mundo nas questões previdenciárias, tem que meter o dedo nessa ferida mesmo.

Ecoando

Reportagem do CINFORM sobre cargos comissionados da prefeitura de Aracaju repercutiu na Câmara de Vereadores da capital em embate entre o líder da oposição, Elber Batalha (PSB) e da situação, Professor Bittencourt (PCdoB). E vem mais por aí…

Ela merece

Título de cidadão sergipana à jornalista Cristina Rochadel vem em ótimo momento. é que Cristina, com todo respeito ao restante da coletividade, tem feito mais por Sergipe do que muita gente que foi nascida e criada por aqui, viu?

Previous Cinquentão embargado: entes públicos preparam interdição do Hotel Palace
Next Denarc desarticula grupo que vendia drogas sintéticas em SE e SC