Começa nesta segunda o pagamento extra do PIS/Pasep


Foto: arquivo CINFORM

A partir desta segunda-feira (18), os trabalhadores cadastrados no Fundo PIS/PASEP entre 1971 e 4 de outubro de 1988 e que ainda não sacaram o seu saldo total de cotas poderão fazer o saque das cotas do Fundo PIS/Pasep. Nessa primeira etapa de pagamento, apenas as pessoas com 57 anos ou mais poderão realizar o saque.

Segundo a Caixa Economica Federal, o saldo das cotas do PIS não sacados até 29 de junho serão corrigidos durante o mês de julho, com possibilidade de saque até o dia 28 de setembro. No ano passado, a correção aplicada foi de 8,9%.

Todos os cotistas do PIS terão até o dia 28 de setembro para sacar o seu saldo. Ao todo, quase 21,3 milhões de brasileiros terão direito ao saque das cotas e o valor total disponível ultrapassa R$ 28,1 bilhões.

“A liberação de recursos das cotas do PIS para todos os cotistas é uma medida que beneficia diretamente milhões de brasileiros. Essa iniciativa vai aquecer e fortalecer a economia”, ressaltou o vice-presidente de Governo da CAIXA, Roberto Barreto.

Para saber se tem direito ao saque, o trabalhador pode realizar a consulta no site da Caixa.

Veja abaixo todas as datas para saques:

18 de junho: pode sacar quem tem 57 anos ou mais.

30 de junho a 7 de agosto: saque interrompido para cálculo dos rendimentos anuais das cotas.

8 de agosto: liberação de saque para cotistas de todas as idades que possuem contas na Caixa (PIS) e no Banco do Brasil (Pasep). Cotistas a partir de 57 anos continuam podendo sacar.

14 de agosto: saque liberado para cotistas de qualquer idade que tenham conta em outros bancos.

28 de setembro: último dia para saque. A partir do dia seguinte, pagamento volta a ser feito apenas aos cotistas que atendem aos critérios habituais de saque.

Anterior Sindicato dos Guardas Municipais realiza mobilização contra a Prefeitura no Mercado de Aracaju
Próximo Petrobras inicia fase vinculante da venda de campos terrestres em Sergipe