O ALVO É O CENTRO


Se Aracaju é o alvo, e sua fome é o disparo, você certamente ficará feliz de acertar bem no Centro. Semana passada, a coluna TAC trouxe uma incursão à Burgeria, que fica na Travessa Benjamim Constant e tem atraído atenções. Há o Cacique, o Tempero da Vovó, o Café do Museu, o Café da Gente, o Caçarola no Thales Ferraz, o Zé Peixe…olhando bem, o Centro – devagarzinho – cuidando da saúde gastronômica dessa área da cidade.

Não distante dele, mas já meio de lado, já saindo, indo embora ali pela Rua São Cristóvão está o Pasta da Nonna, um empório de massas, mas que abriu espaço na calçada, colocou umas mesas, uma toalhinha quadriculada, um vasinho com flores… o publicitário Fábio Vivas viu, lembrou da gente e ordenou: “vá!” E a gente foi.

Gnocchi, ravioli, cannelloni, linguine, fetuccine, fondelli, capeletti, bucatini, fusilli… sorrentino. É muita coisa. Elas também podem ser integral, funcional, saborizada e tradicional. Tudo artesanal pronto pra você levar pra casa, ou colocar o chef pra preparar. Escolhe o molho, se preferir também pode adicionar uma proteína e rapidinho o prato chega à mesa. Também tem um vinhozinho na geladeira pra combinar.

Provamos dois pratos. Primeiro o fettuccine com molho matricial, à base de tomate, azeite, ervas, bacon e pimenta calabresa, e polpetas. O outro, um ravioli de carne de sol e molho pomodoro.

SERVIÇO
Onde: Rua São Cristóvão, esquina com Getúlio Vargas. Antes da Ovos de Ouro
Quanto: Pra comer lá, foi R$ 24,90 o fettuccine, e R$ 16,90 o ravioli.
Coisa boa: vi um fettuccinne de maracujá e fiquei doido. A massa é saborizada.
Coisa ruim: tinha acabado
Outra coisa boa: tem delivery. 99825-8403
Mais uma: vem um pãozinho pra você limpar o prato como manda a tradição.
Outra coisa ruim: tem um semáforo na esquina, e sempre para um Coopertalse. Aquele cidadão que subiu na Rodoviária do Centro com uma latinha de Skol na mão vai chegar com ela vazia exatamente nesse semáforo. Prepare-se, ele vai jogar a latinha pela janela do ônibus bem ali. É batata. A vontade de lançar uma cadeira de volta nele também é grande.
Pra melhorar: a carta de sobremesas.
Funcionamento: seg-sex, 10 às 18h; sábado, 10h às 15h.
Estacionamento: mais difícil que fácil

 

Anterior Divulgada programação oficial do São João em Maruim
Próximo 54 pessoas foram presas em Sergipe no último fim de semana