Presidente do Creci-SE celebra boas notícias para os Corretores de Imóveis


Sérgio Sobral: notícias motivadoras (Foto: Assessoria de Imprensa)

Em entrevista concedida ao programa Mora, Sergipe no último sábado (07), o presidente do Conselho Regional de Corretores de Imóveis (Creci-SE), Sérgio Sobral, compartilhou notícias motivadoras com a categoria. Ele contou que esteve em reunião recentemente com a diretoria da Caixa Econômica Federal (CEF), em Brasília, tratando de novas medidas para o convênio firmado entre a instituição financeira e o Sistema Cofeci-Creci (convênio através do qual os corretores de imóveis podem comercializar os imóveis adjudicados da CAIXA, desde que devidamente cadastrados).

“Fomos informados de que estão disponíveis para venda em todo o Brasil cerca de mais 45 mil imóveis retomados pela CAIXA. E os corretores de imóveis poderão participar de leilão online promovido pelo banco. Haverá ainda uma reunião com todos os coordenadores regionais do convênio – em cada estado há um ou dois – a fim de buscar soluções para melhorar essa parceria. Isto implica diminuir a burocracia e fazer campanha para incentivar que mais corretores de imóveis se cadastrem no convênio para a venda desses imóveis. É uma oportunidade muito boa de negócio: o pagamento dos honorários é feito pela própria CAIXA e é de 5% (cinco por cento), ou seja, o mesmo sugerido pela tabela referencial de honorários”, explica Sobral.

O presidente do Creci-SE, que é também diretor secretário do Cofeci, acredita que a parceria firmada entre as instituições é uma forma de contribuir positivamente com o mercado imobiliário. “Todos saem ganhando: o corretor de imóveis com a possibilidade de negócios, a sociedade em geral com a oportunidade de adquirir um imóvel com descontos especiais e, por fim, toda a economia. Como sabemos, o mercado imobiliário corresponde a 19% do PIB. E em Sergipe, por exemplo, é onde mais está se vendendo imóveis. Aqui é o estado que, proporcionalmente, tem mais imóveis adjudicados da CAIXA disponíveis para venda. É muito bom para o mercado, para os clientes, para os corretores de imóveis”, destaca.

Sobral reforçou ainda que outras questões também importantes estão no centro do diálogo entre Sistema Cofeci-Creci e a CAIXA. “Estamos negociando o cartão de crédito com a chancela do Sistema para o corretor de imóveis e sua família. Também seguimos na luta para que a CAIXA reconheça a condição legal do corretor de imóveis avaliador – aquele que está inscrito no Cadastro Nacional dos Avaliadores Imobiliários (CNAI) – e passe a incluí-lo nas chamadas públicas. Atualmente, a instituição financeira lança editais de concorrência para contratação apenas de engenheiros avaliadores. E o corretor de imóveis que é perito avaliador possui competência para elaborar parecer técnico de avaliação. A informação que temos é de que a CAIXA colocou mais de 700 mil imóveis para avaliação no ano passado, então é mais um nicho de mercado para o corretor de imóveis”, pontuou, ressaltando que a ideia da parceria entre o Sistema Cofeci-Creci e a CAIXA é fortalecer os corretores e o mercado imobiliário.

Previous Diz que é verdade, que tem saudade...
Next Grandes atrações vão agitar a “Ressaca do Fluxo” em Aracaju