PRF encerra Operação Finados 2018


Mais um feriado sem registro de mortes nas rodovias federais de Sergipe

Iniciada na quinta-feira (1º), e finalizada no fim deste domingo (4), a ”Operação Finados 2018”, realizada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Sergipe, não registrou mortes nas rodovias federais que cortam o estado. Durante os quatro dias de operação foram registrados cinco acidentes em que dez pessoas ficaram feridas. O efetivo da PRF foi reforçado nesse período, atuando principalmente nos trechos considerados críticos, que possuem maiores índices de acidentes relacionados com o excesso de velocidade e ultrapassagens indevidas.

Excesso de velocidade e ultrapassagens – Durante os quatro dias de operação, os agentes federais contabilizaram 313 flagrantes de excesso de velocidade (78/dia). O número é alto e chama atenção os locais dessas ocorrências: trechos urbanos de rodovias federais. No quesito ultrapassagem indevida, a PRF notificou 12 condutores realizando esse tipo de infração de trânsito. O número só não foi maior, pois a presença ostensiva da PRF inibiu o cometimento de mais ocorrências desse tipo.

Uma das tentativas de ultrapassagem indevida resultou em um acidente ocorrido na noite de ontem, 04, no km 11,8 da BR 101, em Cedro de São João/SE, envolvendo cinco veículos. Um veículo de passeio tentou fazer uma ultrapassagem e acabou colidindo com um caminhão, rodando sobre a pista e se chocando com mais outros três automóveis que vinham no sentido oposto. Com o impacto, seis pessoas ficaram gravemente feridas e foram atendidas por equipes da PRF, SAMU e Corpo de Bombeiros.

Alcoolemia – Mais de 400 testes de alcoolemia foram realizados e oito condutores foram notificados pelos policiais por dirigirem sob efeito de álcool, sendo que três deles foram detidos por ultrapassarem o limite de 0,34 mg/L (miligramas de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões).

Educação para o trânsito – Em Sergipe, as ações educativas com o objetivo de sensibilizar motoristas e passageiros de seus papéis na construção de um trânsito mais seguro, alcançaram 507 pessoas, entre palestras e abordagens educativas.

Anterior Fisioterapia pélvica cresce em Sergipe
Próximo Natal chega mais cedo para aquecer as vendas do comércio