Dia da Consciência Negra é comemorado hoje no país. No Maranhão é feriado.


Foto: reprodução da internet

Dia 20 de novembro é comemorado o dia da Consciência Negra no país. Mas por que existe esta comemoração? A data se refere a morte do Zumbi dos Palmares, último líder do Quilombo dos Palmares, este que lutou pela resistência dos escravos com uma série de estratégias de guerrilha bem sucedidas. Se comemora este dia como forma de reconhecimento dos descendentes africanos na Constituição.

Zumbi dos Palmares morreu decaptado em 1695 em uma emboscada após ser traído por um companheiro. Foto: reprodução da internet

O ex-presidente Lula instituiu a Lei nº 10.639 de 9 de janeiro de 2003, que determinava a inclusão da temática “História e Cultura Afro-Brasileira” no currículo escolar, o que ficou estabelecido que as escolas iriam comemorar a consciência negra, através do “Art. 79-B. O calendário escolar incluirá o dia 20 de novembro como ‘Dia Nacional da Consciência Negra’.”

Porém, a data foi oficializada no governo Dilma Rousseff, através da Lei nº 12.519 de 10 de novembro de 2011, sendo criado o “Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra”.

A data não é feriado nacional, mas no estado do Maranhão sim. No local há 80,9% de negros e pardos, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O feriado no estado se deu através da Lei 10.747, criada pela Assembleia Legislativa no dia 12 de dezembro de 2017 e sancionada pelo governador Flávio Dino.

 

Previous Alberto Nogueira é o novo presidente do Itabaiana
Next Aracaju recebe a 12ª edição da Mostra Cinema e Direitos Humanos