Alcoolismo é tema de palestra em Aracaju


Palestra será realizada no dia 6 de dezembro na UniNassau

O alcoolismo e a sua implicação na saúde e nos ambientes de trabalho e familiar é o tema da palestra que acontece na UNINASSAU Aracaju no próximo dia 6 de dezembro. O evento é promovido pelos cursos de Serviço Social e de Psicologia, com a coordenação da professora Ana Luiza Melo. O tema, tem por objetivo mostrar que o alcoolismo não é uma questão de caráter, mas sim uma doença que exige cuidados e acompanhamento clínico e psicológico.

“Muitas pessoas julgam que o alcoolismo é uma questão de caráter, mas na verdade, é uma doença física, que deve ser cuidada com tratamento adequado. O álcool é uma droga lícita, mas seus males são graves como de outras substâncias ilícitas”, observou a coordenadora Ana Luiza. Ela atentou para a importância de se debater o tema, já que o álcool vem se tornando um grave problema social, pincipalmente entre os jovens e adolescentes e que, para os alunos dos cursos de Psicologia e Serviço Social, é de grande importância entenderem como cuidar e apoiar dependentes e seus familiares.

A palestra, que será aberta aos alunos e a comunidade em geral, vai levantar questões de como os danos causados pelo uso abusivo de álcool pode afetar a família, a sociedade e o próprio indivíduo. A atividade será um momento de reflexão e aprendizado para todos que têm por perto pessoas atingidas pelo vício do álcool, oferecendo alternativas para quem deseja lidar melhor com o alcoólatra, visando sua melhora e controle da doença.

Alcoolismo é a dependência do indivíduo ao álcool, considerada doença pela Organização Mundial da Saúde. O uso constante, descontrolado e progressivo de bebidas alcoólicas pode comprometer seriamente o bom funcionamento do organismo, levando a consequências irreversíveis.

O abuso de álcool é diferente do alcoolismo porque não inclui uma vontade incontrolável de beber, perda do controle ou dependência física. O abuso de álcool tem menos chances de incluir tolerância do que o alcoolismo (a necessidade de aumentar as quantias de álcool para sentir os mesmos efeitos de antes).

Anterior Grandes Marcas: uma noite que ficará na mente dos Sergipanos
Próximo Grandes atrações vão agitar o Natal do Parangolé em Aracaju