Revolução 4.0 e profissões do futuro são tema de debate em Aracaju


Evento vai ser realizado nesta quarta-feira

Empregos do Futuro e a 4ª Revolução Industrial, este é o tema da palestra que será ministrada pelo coordenador de Sistemas de Informação e Análise e Desenvolvimento de Sistemas da UNINASSAU Aracaju, Alexsander Moreira, mestre em Sistemas de Computação. O evento que acontece na quarta-feira, 5, a partir das 18h30, no auditório do SENAC. Os interessados podem se inscrever gratuitamente pelo link https://extensão.uninassau.edu.br.

Alexsander explica que, na palestra, será abordada a questão da revolução dos empregos, denominada pela 4ª revolução industrial. “Alguns empregos estão em mudança e, até mesmo, deixando de existir. Nesse sentido, é fundamental observarmos a forma como vivemos, trabalhamos e nos relacionamos. É preciso perceber que vivenciamos uma transformação radical na forma de trabalhar”, atentou o mestre.

Ele enfatiza que automação e máquinas pensantes já estão mudando as habilidades que as empresas tanto procuram nas pessoas. Seguindo essa vertente, Alexsander disse que é muito importante as pessoas ficarem inteiradas sobre as novas tendências. “Na UNINASSAU, nos preocupamos bem mais em inserir o aluno no mercado de trabalho. Não nos resumimos a formar o profissional, sem apontar para ele uma direção”, ressaltou o professor.

Trabalhabilidade – Alexsander deixou claro que é preciso orientar os novos profissionais através do conhecimento ofertado pela trabalhabilidade. Nessa ótica, o diretor da UNINASSAU Aracaju, Yuri Neiman disse que a orientação e inserção de novos profissionais no mercado de trabalho é prioridade no Grupo Ser Educacional, do qual faz parte a UNINASSAU. “Orientar nossos alunos e ajudá-los a encontrar seu lugar no mercado faz parte da nossa missão, enquanto educadores”, concluiu o diretor.

REVOLUÇÃO 4.0
O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), responsável pela formação profissional, confirma a tendência da 4ª revolução. Baseado neste cenário, estudos do Senai mostram que 30 novas profissões vão surgir ou ganhar mais relevância nos próximos anos. Com a chamada indústria 4.0, conceito relacionado às chamadas fábricas inteligentes, da quarta revolução industrial, determinada pelas tecnologias digitais, como internet das coisas, big data e inteligência artificial, o processo é certo.

Na indústria 4.0, novas profissões vão surgir em um ambiente controlado por inteligência artificial. Estas foram identificadas em oito áreas que o estudo realizado pelo Senai considera com aquelas que serão mais impactadas pelas novas tecnologias relacionadas à indústria 4.0: setor automotivo; alimentos e bebidas; construção civil; têxtil e vestuário; tecnologias da informação e comunicação; máquinas e ferramentas; química e petroquímica; e petróleo e gás.

Anterior Confiança apresenta novidades para a temporada de 2019
Próximo Palestra O Poder Da Comunicação Empreendedora ocorre em Aracaju