Valdevan Noventa é preso pela PF durante Operação Extraneus


Na tarde desta sexta-feira (7), o deputado federal eleito por Sergipe nas eleições deste ano Valdevan Noventa foi preso pela Polícia Federal durante a Operação Extraneus, que apura a inserção de declarações falsas na
prestação de contas da campanha por parte de candidato eleito.

Segundo a Polícia Federal, as investigações indicam que o Valdevan, utilizando-se de “laranjas”, simulou a
realização de diversas doações em favor de sua campanha, com valores cuja origem é desconhecida, para o custeio de suas despesas. No curso das apurações, verificou-se ainda a atuação dos envolvidos com o intuito de direcionar os relatos dos “laranjas” chamados a prestarem esclarecimentos, como forma de mascarar a realidade dos fatos.

Durante a operação foram cumpridos três mandados de busca e apreensão e dois mandados de prisão preventiva nas cidades de de Aracaju (SE), Estância (SE) e Taboão da Serra/SP.  Ainda segundo a Polícia Federal, os envolvidos estão incursos, até o momento, no crime do art. 350, do Código Eleitoral, mas podem ser acusados de outros crimes no decorrer das apurações.

VALDEVAN NOVENTA

Nascido na cidade de Estância (SE), José Valdevan de Jesus Santos foi morar no estado de São Paulo quando tinha 18 anos. Foi lá que se tornou líder sindical, presidente do Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores em Transporte Rodoviário Urbano de São Paulo (SINDMOTORISTAS) e foi vereador da cidade Taboão da Serra por dois mandatos.

Nas eleições deste ano, Valdevan Noventa se candidatou ao cargo de deputado federal pelo Partido Social Cristão (PSC) e se elegeu com mais de 45 mil votos.

Previous Carros com teto solar são tendência em Sergipe
Next Elba Ramalho se apresenta no projeto 'Estrelas do Bem'