Carro precisa fazer manutenção antes da viagem


Verificar itens do veículo antes de pegar a estrada pode ser rápido e prático

Após o Natal em família, muita gente se programa para aproveitar os dias de folga do Réveillon para viajar e dar boas-vindas ao ano novo com o pé direito. Os destinos mais procurados pelos sergipanos são as capitais do Nordeste e cidades litorâneas. Salvador, Maceió e Recife lideram a preferência de quem vai viajar de carro ou ônibus neste período. Mas antes de pegar a estrada é necessário verificar se o veículo está em ordem e pronto para seguir viagem com segurança.

“Alguns itens devem ser vistos por um mecânico de confiança do condutor. Não dá para acreditar que alguém pegue a estrada sem revisar o carro. Quem te esse hábito deve ficar atento e prestar atenção para fugir de ciladas. Antes de viajar, é fundamental perder um tempinho checando itens do veículo. Alguns precisam ser vistos por um mecânico dentro das revisões periódicas, como freio e suspensão, por exemplo. É possível evitar muitos problemas”, orienta o mecânico Joaquim Andrade.

Joaquim lista alguns itens essenciais para ajudar o condutor que vai viajar neste Réveillon ou durante o verão que está apenas começando.

Óleo e filtro – Verifique o nível de óleo e o prazo de validade. Em caso de vencido, troque por um lubrificante com as mesmas especificações recomendadas pela montadora. Troque também o filtro de óleo. Óleo abaixo do nível ou vencido pode danificar o motor e aumentar o consumo de combustível.

Filtros do ar e combustível – Eles são essenciais para o bom funcionamento do motor. Influenciam diretamente no consumo de combustível se estiverem velhos. Em casos de muita sujeira, podem entupir e deixar você na rua. Ambos têm prazo de validade estipulado pelas montadoras.

Freios – O sistema de freios deve ser revisado a cada 10 mil quilômetros em uma mecânica ou concessionária. Se isso estiver em dia, em um posto de combustível você pode checar o fluido do freio. Se estiver baixo, precisa ser completado e você deve procurar um mecânico porque possivelmente há vazamento. O fluido também tem prazo de validade para ser trocado completamente.

Pneus – Calibre os pneus, inclusive do estepe. Siga as recomendações da fábrica para o seu carro. Veja que há diferença de pressão para veículos carregados e vazios, dianteiros e traseiros. Os pneus, claro, não podem estar gastos.

Suspensão – A suspensão dos carros deve ser revisada a cada 10 mil quilômetros, incluindo fazer geometria e balanceamento. Se as revisões do seu carro não estão em dia, passe em um mecânico antes de viajar. É importante verificar o desgaste de amortecedores, molas, buchas e batentes. Puxadas na direção do carro em retas ou ruídos podem ser indícios de algo errado na suspensão.

Bateria – Quase ninguém se importa com a bateria até o carro não pegar mais. Mas ela também deve ser revisada antes das viagens.
Palhetas – Muitas vezes, o motorista só se dá conta que os limpadores de para-brisa estão ruins quando pega aquela chuvarada na viagem e não enxerga nada. É importante checar a situação das palhetas, que não devem estar tortas nem com a borracha ressecada. Veja também a água do limpador dos vidros.

Painel – Fique atento às luzes do painel e o que elas representam. Algumas, como a de freio e a de bateria, podem indicar problemas. Se você tem dúvida sobre o que significam as luzes, consulte o manual do seu carro.

Lâmpadas – Nem pense em viajar com alguma lâmpada do carro queimada. É perigoso e você ainda pode ser multado. É preciso checar todas, entre elas as luzes de freio, ré, faróis e lanternas.

Itens de emergência – Veja se todos os itens de emergência estão no lugar, como triângulo, chave de roda, macaco, estepe e extintor, que deve estar dentro do prazo de validade.

Previous Governo tira nota 2, e é reprovado em Educação
Next Bloco 'Por Amor ao Iate' é lançado em Aracaju