Vereador de Ribeirão Preto será julgado por uso indevido de carro oficial


Foto: G1

O vereador Adauto Honorato, conhecido como Marmita, do Partido da República (PR), do município de Ribeirão Preto, São Paulo, será julgado pela juíza Lucilene Apare­cida Canella de Melo, da 2ª Vara da Fazenda Pública, por uso de carro oficial para fins pessoais.

A ação solicita a devolução de recur­sos financeiros gastos com a utilização do carro oficial e proíbe que ele seja utilizado novamente para fins pessoais.

Além do julgamento de Honorato, serão interrogados pela juíza um representante da Câmara de vereadores e as testemunhas con­vocadas pela defesa e acusação.

A audiência de instrução e julgamento da ação popular, que pede a cassação por improbidade administrativa, foi agendada para o próximo dia 24 de janeiro.

O advogado e ex-candidato a prefeito no ano de 2016, Alexandre Ferreira de Sousa, do partido Patriota, entrou com uma ação para impetrar o vereador.

Previous Inflação oficial fecha 2018 em 3,75%
Next Pré-Universitário do Governo de Sergipe continua com inscrição aberta até domingo (13)