Bahia empata com o Flu, em Feira, na estreia estadual


Na tarde deste domingo (20), com uma equipe jovem, formada por atletas que não atuaram como titulares na última quarta-feira e comandada pelo auxiliar-técnico Cláudio Prates, o Bahia empatou em 0 a 0 com o Fluminense, em Feira de Santa, na estreia do Tricolor pelo Campeonato Baiano 2019.

O time volta a campo agora na quarta-feira (23), quando enfrenta a Juazeirense, às 20h30, na Fonte Nova, pela 2a rodada do Baianão. Já nosábado (26), às 16h, a equipe vai a Recife enfrentar o Santa Cruz, em sua segunda partida pela Copa do Nordeste.

O Esquadrão começou o duelo tentando se acostumar com as condições de jogo. Ventava muito em Feira de Santana, o gramado estava seco e curto, o que fazia a bola ‘correr’ mais do que o normal. Enquanto ‘calibrava’ seus passes e lançamentos, o Bahia pouco criou, mas ao menos também não foi ameaçado pelo adversário.

Aos 18 minutos, o Fluminense teve a chance de abrir o placar num chute da entrada da área, mas Bambam mandou para fora. Depois do susto, o Esquadrão passou a ter do domínio das ações, com mais posse de bola, rondando sempre a área do Touro.

Assim, o Bahia criou três boas chances de abrir o marcador. Aos 28, Felipinho aproveitou uma sobra na entrada da área, chutou forte de perna esquerda e a bola bateu na rede, pelo lado de fora. Aos 31 foi a vez de Junior Brumado cabecear bonito após cruzamento de Matheus Silva, com o goleiro do Flu salvando com a ponta dos dedos. Aos 44, Felipinho fez jogada individual em contra-ataque e arriscou de fora da área, raspando a trave do time de Feira.

A etapa final começou com um ritmo melhor de jogo, com o Fluminense se arriscando mais e dando um pouco mais de campo para o Bahia atuar. Aos 6, Brumado recebeu cruzamento perfeito de Mayk, mergulhou de peixinho, mas mandou para fora. Aos 11, após falta cobrada por Marco Antônio, Everson obrigou o goleiro do Flu a fazer ótima defesa e, no rebote, Brumado quase marcou, mas a zaga chegou a tempo de cortar.

Aos 24, Rodrigo entrou no lugar de Marco Antônio e o atacante quase marcou logo em seu primeiro lance, aos 31, pela direita, após lançamento de Everson. O chute da entrada da área, contudo, foi fraco e de fácil defesa para o goleiro. Aos 35, pela esquerda, o mesmo Rodrigo cortou dois zagueiros e bateu da entrada da área, mas novamente sem potência.

O Tricolor tentou o gol do triunfo até o fim, mas o placar ficou mesmo no 0 a 0.

O Bahia atuou com: Fernando; Matheus Silva, Everson, Ignácio e Mayk; Luís Fernando, Lepu, Felipinho, Iago (Caique) e Marco Antônio (Rodrigo); Júnior Brumado (Uéslei).

Foto – Felipe Oliveira
(Fonte: Esporte Clube Bahia)

Previous Decisões do STF vão dar mais agilidade às investigações do MPF
Next Caso Hydro: embargo de 50% da produção da mineradora continua em vigor