VÍDEO: Aterro criminoso da Lagoa Doce (Rio Poxim)


Reprodução: Victor Fontes

Vazante do Rio Poxim, a Lagoa Doce no Jabotiana vem sendo aterrada pela Deso. A associação de moradores local e órgãos de defesa ambiental atuantes na capital encontraram apoio um no outro sobre o local de construção da nova estação de tratamento de esgoto: a estação não deve ser construída às custas da vida animal, vegetação e equilíbrio ambiental. A obra aumenta a reincidência no número de inundações por não haver para onde a água das chuvas escoar sem a lagoa.

(Vídeo: Victor Fontes)

Previous Na ONU, Damares pede esforço conjunto contra violações na Venezuela
Next Oscar 2019 premia "Green Book" como Melhor Filme