Bloco das Carmelitas arrasta foliões nas ruas de Santa Teresa


Agência Brasil

Tradicional bloco carioca, o Carmelitas fez na tarde desta sexta-feira (1º) seu primeiro desfile no carnaval deste ano, lotando as ruas do bairro de Santa Teresa, na região central da cidade. A programação oficial do Rio de Janeiro prevê aimda a saída de mais de 20 blocos nesta sexta-feira, dia em que também começam as apresentações no Sambódromo.

O Carmelitas foi fundado em 1990 por moradores do bairro e relembra uma lenda urbana segundo a qual uma freira do Convento das Carmelitas fugiu da clausura para pular carnaval na Sexta-Feira e voltou apenas na terça-feira de carnaval. Por esse motivo, o bloco faz dois desfiles durante o carnaval, um, partindo do convento, e outro caminhando em direção a este. 

O desfile do Carmelitas era um dos que estavam ameaçados devido à falta de uma autorização, que, até quinta-feira (28), não havia sido emitida pela Polícia Militar (PM). A questão foi resolvida após reunião, no mesmo dia, entre representantes de duas das principais ligas dos blocos do Rio, a Sebastiana e a Amigos do Zé Pereira, a Riotur e comandantes dos batalhões da PM.

A situação do Carmelitas era a mesma de outros blocos famosos na cidade, como o Imprensa que Eu Gamo, o Suvaco do Cristo, o Céu na Terra e o Toca Rauul.

Programação de sábado

Para os interessados em curtir o carnaval de rua do Rio neste sábado (2), a programação é vasta e começou cedo, às 6h, com o bloco Amigos da Onça, que saiu do Flamengo. Às 7h, o Céu na Terra saiu pelas ruas de Santa Teresa com animados foliões fantasiados, que procuraram atrair quem passa por perto. 

Para as 8h, está prevista a saída do maior dos blocos cariocas, o centenário Cordão da Bola Preta, que desfila na Rua Primeiro de Março e na Avenida Presidente Antônio Carlos, no centro da cidade, reunindo milhares de pessoas.  

Fonte: Agência Brasil

Previous Neste mês, Bolsonaro irá aos Estados Unidos, ao Chile e a Israel
Next Aeroportos do Rio devem receber 560 mil turistas no carnaval