OCDE reduz projeção do PIB brasileiro


Laurence Boone, economista chefe da OCDE (Foto: Hervé Cortinat/OECD)

A Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE) voltou a reduzir nesta quarta-feira (6) a previsão de crescimento da economia brasileira para 2019. A organização estima que o Produto Interno Bruto (PIB) do país crescerá 1,9% este ano, contra 2,1% da projeção anterior.

A OCDE também reduziu as perspectivas econômicas em quase todos os países do G20. Segundo o relatório, a economia global deve crescer 3,3% em 2019 e 3,4% em 2020. Essas reduções foram feitas, segundo a OCDE, devido as “vulnerabilidades oriundas da China e do enfraquecimento da economia europeia, combinadas com uma desaceleração do comércio e manufatura global, alta incerteza política e riscos nos mercados financeiros, poderiam minar o crescimento forte e sustentável no médio prazo em todo o mundo”.

“A economia global está enfrentando obstáculos cada vez mais sérios”, afirmou a economista-chefe da OCDE Laurence Boone. “Uma desaceleração mais acentuada em qualquer uma das principais regiões poderia atrapalhar a atividade em todo o mundo, especialmente se ela transbordar para os mercados financeiros. Os governos devem intensificar o diálogo multilateral para limitar os riscos e coordenar as ações políticas para evitar uma nova desaceleração ”, acrescenta.

Previous Ghosn é libertado em Tóquio e terá de cumprir exigências
Next Campeã do grupo especial do Rio será conhecida na tarde de hoje