Arma é furtada em feira de segurança e defesa no Rio


Akemi Nitahara/ABr

Uma arma modelo APX Compact 9 mm foi furtada, na manhã de hoje (2), pouco antes da abertura oficial do evento Laad Defence & Security, a maior feira de negócios da área de defesa e segurança da América Latina, que ocorre até sexta-feira (5), no Rio Centro, no Rio de Janeiro. Segundo a assessoria do evento, a pistola foi retirada do estande da fábrica de armas Beretta Defense Technologies.

O espisódio ocorreu no momento em que estavam no local o presidente da República em exercício, Hamilton Mourão, o governador do Rio, Wilson Witzel, e o prefeito da capital fluminense, Marcelo Crivella. 

Segundo a Laad, todas as armas expostas estão sem o percursor, que é o mecanismo para atirar. O modelo furtado custa cerca de 400 euros, o que equivale a mais ou menos R$ 1.500. Por volta de meio-dia, a empresa recolheu todas as pistolas em exposição.

Em nota, a Laad Defence & Security informou que “as autoridades militares responsáveis pelo licenciamento de armas de fogo na LAAD foram informadas e compareceram imediatamente ao local do incidente”.

A organização da feira disse que está “ajudando as autoridades relevantes em suas investigações”.

No estande, os representantes disseram que não iriam comentar o caso.

*Matéria alterada para inclusão de informações. 

Presidente da República em Exercício, Hamiltom Mourão, durante Cerimônia de Abertura da 12º Edição da LAAD , Feira de segurança e defesa
O presidente da República em exercício, Hamilton Mourão, durante cerimônia de abertura da 12º Edição da LAAD , feira de segurança e defesa – Romério Cunha/VPR

Fonte: Agência Brasil

Previous Governo defende texto integral de reforma da Previdência, diz Marinho
Next Cronograma do Enem está mantido, diz Inep