Secretaria da Fazenda interage com setor produtivo no Forúm Empresarial


Em almoço promovido pelo Fórum Empresarial nesta terça-feira, 1° de outubro, o secretário de Estado da Fazenda, Marco Antonio Queiroz, a superintendente de Gestão Tributária da Sefaz, Silvana Maria Lisboa Lima e os auditores Suzana Carvalho e Jeová Francisco dos Santos realizaram uma explanação para o empresariado sergipano sobre os principais pontos da Reforma Tributária que tramita no Congresso Nacional.

Outro tema abordado junto aos empresários foi o novo sistema de adesão a parcelamento de dívidas que será disponibilizado pela Sefaz ainda este mês de outubro e também o parcelamento especial de pendências de ICMS. Embora tenha descartado a possibilidade de abertura de um Refis para o ICMS, o secretário reforçou a oportunidade de negociação especial que está em vigor, que oferece prazos mais estendidos de 24, 36, ou 48 meses para quitação.

“O secretário Marco Queiroz prontamente atendeu ao nosso convite e nos trouxe importantes informações para um assunto de grande destaque que é a Reforma tributária”, disse o coordenador do Fórum Empresarial, Milton Andrade.

As entidades associadas presentes no almoço apresentaram demandas e reconheceram a iniciativa do Governo do Estado em relação ao parcelamento especial e as ações voltadas ao desenvolvimento econômico, citando como exemplos a redução da alíquota do ICMS do gás, a redução da alíquota do querosene de aviação, as negociações para o retorno do Centro de Distribuição do Cencosud e as ações de combate à concorrência desleal.

O secretário da Fazenda reforçou a importância para a Sefaz de ter o feedback do setor produtivo sergipano, somando esforços em prol do desenvolvimento do Estado de Sergipe. “Quero aqui neste fórum dizer que a Sefaz está à disposição do setor produtivo. Não há crescimento se não tiver união, se não tiver parceria. O governador Belivaldo Chagas tem pedido que estejamos ao lado do setor produtivo, somando esforços para a construção de um Sergipe melhor”, destaca.

Previous Programa pretende fomentar agropecuária no Nordeste
Next Nota de Pesar da Alese