40 mil crianças devem ser vacinadas contra o sarampo a partir desta segunda-feira


A mobilização terá seu ponto mais alto em 19 de outubro, o Dia “D” de Vacinação. A meta é alcançar 95% das crianças nesta faixa etária, segundo informou a gerente do Programa Estadual de Imunização da SES, Sândala Teles.

 A Secretaria de Estado da Saúde (SES) estima que 40 mil crianças com idade entre seis meses e menos de cinco anos deverão ser imunizadas contra o sarampo durante a primeira etapa da campanha de vacinação que começou nesta segunda-feira(07), e segue até 25 deste mês. A mobilização terá seu ponto mais alto em 19 de outubro, o Dia “D” de Vacinação. A meta é alcançar 95% das crianças nesta faixa etária, segundo informou a gerente do Programa Estadual de Imunização, Sândala Teles.

A segunda etapa da campanha é destinada ao público adulto jovem, que está na faixa dos 20 aos 29 anos de idade, e se dará no período de 18 a 30 de novembro, com o Dia “D” marcado para o último dia da campanha. De acordo com Teles, essa faixa foi contemplada para receber a vacina porque é exatamente entre os adultos jovens que vêm sendo registrado o maior número de casos de sarampo do país.

Salientou a gerente que no caso do adulto jovem são necessárias duas doses para completar o processo de imunização, com intervalo de 30 dias entre a primeira e a segunda aplicação.

Sândala Teles destacou que a campanha foi lançada com o objetivo de mobilizar pais ou responsáveis e jovens adultos para a vacinação contra o sarampo, já que esta vacina é uma rotina nos serviços de saúde dos 75 municípios sergipanos e sempre esteve e está disponível para as pessoas com idade de um a 49 anos. “Na faixa de um a 29 anos são necessárias duas doses da vacina. A partir dos 30 anos, uma dose é suficiente para garantir a imunização”, informou.

A gerente do Programa Estadual de Imunização lembra aos pais ou responsáveis que é importante levar a caderneta de vacinação quando as crianças forem receber as doses de imunização. O mesmo deve fazer o adulto jovem, a menos que não a tenha mais. Neste caso, uma nova será aberta na unidade de saúde.

A Secretaria de Estado da Saúde contabiliza em Sergipe 48 casos notificados, três confirmados – dois em Estância e um em Areia Branca -, 30 casos descartados, 15 em investigação e nenhum óbito.

A doença

O sarampo é uma doença infectocontagiosa provocada por um Morbilivirus e transmitida por secreções das vias respiratórias como gotículas eliminadas pelo espirro ou pela tosse. O período de incubação, ou seja, o tempo entre o contágio e o aparecimento dos sintomas, é de cerca de 12 dias, mas a transmissão pode ocorrer antes do aparecimento dos sintomas e estender-se até o quarto dia depois que surgiram placas avermelhadas na pele. É uma doença potencialmente grave e em gestantes, pode provocar aborto ou parto prematuro.

Sintomas

Os principais sintomas do sarampo são manchas avermelhadas na pele, que começam no rosto e progridem em direção aos pés, febre, tosse, mal-estar, conjuntivite, coriza, perda do apetite, otite, pneumonia e encefalite (inflamação aguda do cérebro, geralmente causada por infecções virais ou bacterianas).

Previous Praias do litoral Norte e Sul estão impróprias para banho
Next Bolsonaro: petróleo pode ter sido despejado "criminosamente"